Descrição do standard da raça consoante os critérios do clube alemão IHR assim como clube francês UCFAS

Aspeto geral:

É um cão de tamanho médio, com o comprimento do tronco maior que a altura ao garrote (cerca de 20%). A sua aparência é bem constituído e musculado, sem parecer pesado, o que lhe dá um aspeto equilibrado e movimentos fluidos. O Altdeutscher schäferhund tem um pêlo longo e espesso. É um cão com um temperamento estável, de natureza confiante, atento e dedicado. Não deve em nenhum caso ser agressivo ou medroso. O dimorfismo sexual entre macho e fêmea deve ser notório e marcado.

Cabeça e crânio:

O comprimento total da cabeça deve representar 40% do comprimento do tronco, esta não deve ser demasiado pesada ou fina. A testa deve ser ligeiramene arredondada com ou sem stop médio-frontal fracamente marcado. O comprimento do crânio deve repesentar 50% da cabeça e deve ser equivalente à sua largura. Para um macho a sua largura deve ser superior. Os lábios devem ser pretos, bem estendidos e unidos

Maxilar e dentes:

O maxilar deve ser forte e articulado em tesoura, a dentição completa de 42 dentes sendo 20 no maxilar superior e 22 no inferior. O prognatismo inferior ou superior é um defeito eliminatório.

Olhos:

Os olhos são de tamanho médio em amêndoa, não proeminentes. São de preferência escuros, mais ou menos pigmenados consoante a cor de pêlo do cão. As pupilas não devem pender (ectorpion) ou estarem invertidas (endoprion) sendo um defeito eliminatório.

Orelhas:

As orelhas devem ser levantadas de tamanho médio. Devem ser ligeiramente mais altas que a largura da base e simétricas. O pavilhão deve estar virado para a frente. Uma ou as duas orelhas caídas é um defeito grave.

Pescoço:

O pescoço deve ser forte e musculado, mais ou menos direito em função à atitude do cão.

Costas:

As costas devem ser direitas e horizontais. Uma muito ligeira inclinação é tolerada. Umas costas mais elevadas atrás, abauladas ou apresentando uma inclinação forte são defeitos eliminatórios.

Peito:

O peito não deve ser demasiado largo ou baixo, a sua profundidade deve ser muito ligeiramente inferior à altura do garrote. Afim de permitir o bom movimento dos cotovelos, as costelas não devem ser em forma de barril ou demasiado retas.

Cauda:

A cauda em repouso deve ser usada descaída com uma ligeira curvatura sem gancho, ela levanta-se em acção e pode ultrapassar ligeiramente a linha do dorso. São considerados defeitos elimiminatórios uma cauda enrolada na linha das costas ou ausência de cauda. Defeitos graves: cauda desviada, muito curta ou em gancho.

Membros anteriores:

O ombro é comprido e inclinado. Os cotovelos não podem estar descolados ou demasiado encostados. Os antebraços são direitos. Os pés são redondos e as unhas pretas.

Membros posteriores:

Os membros posteriores são fortes e musculados, permitindo uma boa propulsão para diante. Os pés são redondos e as unhas pretas.

Angulações e andamentos:

As angulações devem ser marcadas, o que significa que não devem ser demasiado abertas ou fechadas, afim de preservar um dorso direito. Os andamentos são examinados sob todo o ponto de vista do cão: frente, trás, lateral direito e lateral esquerdo. Devem ser elásticos e amplos, o cão não pode dar a sensação de esforço. O passo é composto de um movimento diagonal das patas. A para de frente e de trás oposta deslocam-se a mesmo tempo. O comprimento é igual de um lado que o outro. Andamentos incorrectos são considerados defeito.

Tamanho:

O Altdeutscher Schäferhund deve ser harmonioso.

Os machos devem ter entre 62 a 68cm ao garrote.

As fêmeas devem ter entre 55 a 62 cm ao garrote.

Um desvio e + ou – 1 cm em relação a standard poderá ser tolerado para um cão bem proporcionado e conforme os critérios do standard.

Pêlo:

O pêlo é espesso com muito sub-pêlo. O pêlo é curto e direito na cabeça, focinho, costas as orelhas e face anterior das patas. O pêlo é comprido na face posterior das oelhas, face posterior das patas da frente e no dorso. Na nuca e pescoço cria uma juba caindo para o peito. É denso e longo sobre os membros posteriores caindo sobre o calcanhar. O pêlo de verão é diferente do pêlo de inverno que é mais espesso e longo

Cores:

As cores reconhecias são várias.

Há os bicolores, nomeadamente bicolor preto e castanho, bicolor preto e bege, bicolor preto e prateado, bicolor preto e castanho afogueado, bicolor azul e castanho, bicolor azul e bege.

Além disso também tem as cores sólidas como os pretos, todos azuis assim como os pretos esfumados e azuis esfumados.

É reconhecia também a cor lobeira que significa que não tem a capa presente definida nem definição de fronteiras de cores, a cor do sub-pêlo é que varia desde a castanho escuro até ao cinzento prateado e é o que define a cor, sendo as pontas do pêlo sempre pretas em todas as variedades de cores, excepto nas cores diluídas em que as pontas são azuis.

A máscara deve ser inteiramente preta ou Azul. O focinho deve ser preto em todas as variedades de cor excepto nas cores diluídas tais que o azul. Nesse caso o focinho deve ser azul e os olhos serão mais claros. A ausência de máscara, manchas pequenas brancas na face interna dos membros, unhas de cor clara serão penalizadas como sendo sinais de pigmentação insuficiente. Pequenas manchas brancas ou claras no peito ou sobre os dedos das patas são aceites.

Toda outra cor não é reconhecida.

Defeitos:

Toda a falta e conformação ao standard mencionado acima será sancionado consoante a sua importância.

Defeitos graves:

Cão desproporcionado

Cauda demasiado curta

Cauda partida ou em gancho

Orelhas demasiado grandes, mal implantadas, caídas ou partidas

Comprimento de pêlo insuficiente

Pigmentação insuficiente

Andamentos incorretos vistos de qualquer ângulo

Cão com alopécia cujos donos não possam provar com os exames apropriados a sua causa não genética

Dois dentes a mais (uma tolerância é aceite se o dente duplo é PM1)

Quinto dedo na pata traseira

Defeitos eliminatórios

Albinismo

Defeito da dentição, em caso de ausência de um PM3 mais outro dente, ou um canino, um PM4, um M1, M2, ou no total três ou mais dentes

Dois dentes a mais + prognatismo

Dois dentes a mais + 1 denTe em falta (exemplo dois PM1 mas falta de M1)

Má linha e dorso

Defeito de andamentos importante

Cão adulto com prognatismo superior ou inferior pronunciado

Cauda usada encaracolada em cima do dorso, ausência de cauda

Carácter medroso ou agressivo

Testículos de aparência anormal ou em número insuficiente (dois) ou não descidos no escroto

Entropion ou ectoprion

Qualquer cão oriundo de qualquer outra raça ou de um cruzamento